IMAGINA O SUSTO

Jiboia é encontrada em meio ao material de trabalho em indústria de Montenegro

Trabalhadores encontraram a serpente em um monte de cascas de acácia

Publicado em: 09/07/2024 21:09
Última atualização: 09/07/2024 21:09

Uma serpente da espécie jiboia deu um susto em funcionários de uma empresa de Montenegro, no Vale do Caí, na segunda-feira (8).


Serpente foi capturada em meio ao material de trabalho Foto: Patram de Montenegro

A cobra foi encontrada pelos trabalhadores em meio as casas de acácia, enquanto manejavam a matéria-prima utilizada pela empresa. Uma equipe da Patrulha Ambiental (Patram) do Comando Ambiental da Brigada Militar foi acionada até a indústria para realizar o resgate do animal.

Segundo a Patram, os trabalhadores relataram que a serpente possivelmente teria vindo junto à carga de cascas deacácia oriunda de Minas Gerais.

Um funcionário do local realizou a entrega da serpente já capturada, dentro de um tambor, após a própria equipe do local conseguir capturá-la.

Por se tratar de uma espécie invasora, por orientação do Núcleo da Fauna Silvestre da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), a serpente foi encaminhada ao Criadouro Conservacionista Arca de Noé, em Morro Reuter, para receber os cuidados adequados.


Patram resgatou o animal e encaminhou para local adequado em Morro Reuter Foto: Patram de Montenegro

A segunda maior serpente brasileira

Seu corpo é alongado roliço e ligeiramente comprimido nas laterais. Sua cor é camuflada e confunde-se com o ambiente. São serpentes de médio a grande porte e podem medir até 4 metros de comprimento.São animais carnívoros, mas quase não gastam energia, podendo ficar vários dias sem comer. São considerados animais pacíficos, pois não são venenosas e não atacam o homem. As jibóias vivem aproximadamente 20 anos.

Segundo a Fundação Jardim Zoológico de Brasília, a jiboia é a segunda maior serpente brasileira. Possui olhos com pupila vertical e cabeça triangular, características antigamente associadas as serpentes peçonhentas.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Matérias Relacionadas