FLAGRANTE

CATÁSTROFE NO RS: Voluntárias são presas por furto de doações as vítimas das enchentes em Três Coroas

Para ter acesso ao local após o horário de fechamento, uma delas se passava por servidora do município; suspeitas são irmãs

Publicado em: 13/05/2024 15:43
Última atualização: 13/05/2024 16:11

Duas mulheres foram presas por furtar doações que eram destinadas para as vítimas da enchente em Três Coroas, no Vale do Paranhana. De acordo com a Brigada Militar (BM), elas foram capturadas na noite da quinta-feira (9) na Rua Fernando Ferrari, no bairro Sander, após abordagem de uma guarnição. 

SIGA O ABCMAIS NO GOOGLE NOTÍCIAS!

Em um carro, a dupla transportava roupas, calçados e alimentos retirados do Ginásio Municipal, no Centro, onde é o ponto de coleta e distribuição de donativos.


Irmãs eram voluntárias no ginánio municipal de Três Coroas, onde teriam furtado itens de doações as vítimas das enchentes Foto: Prefeitura de Três Coroas

Conforme a BM, o veículo estava sendo observado pela polícia, por câmeras de monitoramento da cidade, desde que receberam denúncia de que uma voluntária da prefeitura estaria desviando artigos doados.

Após o fechamento da central de doações na cidade, elas retornavam e, para ter acesso, uma delas dizia ao servente que trabalhava no local que era servidora do município e que tinha autorização da Secretaria de Saúde e Assistência Social para retirar as doações. Elas colocavam os itens em um carro estacionado em uma rua lateral e saiam. A ação teria acontecido na terça (7) e na quarta-feira (8).

Quando abordadas, as mulheres teriam feito aos policiais o mesmo discurso: de que retiraram os itens com autorização dos responsáveis do local e que uma delas era servidora municipal. A BM fez contato com a secretária que responde pela pasta, Carla Muller, que informou que não havia autorização e admitiu desconhecer o fato.

Em nota, a prefeitura lamentou o ocorrido e o classificou como abominável. O documento ainda afirma que as mulheres são irmãs e que “nenhuma das duas tem vínculo algum com o município, apenas estavam atuando como voluntárias no Ginásio Municipal”.

Elas foram presas em flagrante e levadas para Delegacia de Polícia Regional do Interior - 02ª DPRI, em Taquara, onde tiveram as prisões decretadas. No entanto, na audiência de custódia foram liberadas para responder em liberdade, mas com medidas restritivas, como a de não comparecerem a nenhum local que esteja recebendo e entregando doações. As suspeitas responderão por furto qualificado. 

Leia a nota da prefeitura na íntegra

O município foi questionado quanto ao furto ocorrido no ginásio municipal no dia 09/05/2024 e apresenta os seguintes esclarecimentos:

A Brigada Militar, após perceber movimentações estranhas em torno do ginásio municipal, após o horário de fechamento do ginásio, que um veículo estava carregando doações na porta lateral do ginásio, na Rua Felipe Bender.

A suspeita era voluntária no recebimento das doações e estava com sua irmã. Elas não tinham autorização de ninguém para retirar doações, mas o servente que estava no ginásio nesse horário, não sabemos se por ingenuidade ou não, permitiu que elas levassem roupas, calçados e alimentos, pois elas eram voluntárias. A suspeita mentiu ao servente, dizendo que era servidora do município e que a Secretária de Saúde e Assistência Social, Carla Muller, teria autorizado a retirada, o que logo foi desmentido pela Sra. Carla, quando questionada pela Brigada Militar. Ninguém tinha autorização para retirar doações fora do horário. A suspeita também alegou para a polícia que era servidora do município, o que ressalta-se, não é verdade. Nenhuma das duas tem vínculo algum com o município, apenas estavam atuando como voluntárias no ginásio municipal.

Elas foram presas em flagrante pela Brigada Militar por volta das 21 horas e levadas à Delegacia de Policia Regional do Interior – 02ª DPRI – Taquara.

Chegou ao nosso conhecimento que, na audiência de custódia, elas foram liberadas para responder em liberdade, mas com medidas restritivas, como a de não comparecerem a nenhum local que esteja recebendo e entregando doações.

O município lamenta demais o fato, pois em momento tão trágico e pesado para todo o município e nossa população, tenha ocorrido essa conduta abominável.

Informamos que o servente foi temporariamente afastado do ginásio, por precaução, e que a equipe de segurança no ginásio foi reforçada.

Qualquer retirada de doação será liberada somente para voluntários e entidades autorizados pela coordenação da central de doações.

A questão agora será tratada pela Justiça e o município e população atuam como vítimas no processo. As suspeitas responderão por furto qualificado.

Município de Três Coroas

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Matérias Relacionadas